Desafio Mobilidade Itaú-CEBRAP 2017 inicia atividades

Os cinco pesquisadores que foram selecionados para programa

Um encontro realizado na tarde desta segunda-feira, 12/6, no CEBRAP marcou o início do projeto Desafio Mobilidade Itaú-CEBRAP 2017. Os cinco pesquisadores que foram selecionados para desenvolver propostas de estudos sobre mobilidade por bicicleta no Brasil conheceram os coordenadores do projeto e ainda assistiram a aula inaugural do programa com o Dr. Eduardo Vasconcellos, que abordou o tema “Políticas de Transporte no Brasil – a construção da mobilidade excludente”.

Além de desenvolver um trabalho inédito sobre o tema nos próximos seis meses, os pesquisadores selecionados participarão de cursos e oficinas de formação de métodos e técnicas de pesquisa, grupos de discussão e encontros de orientação para a elaboração do trabalho.

Ao final do processo, os projetos farão parte uma publicação editada pelo Itaú e pelo CEBRAP. Confira abaixo o nome dos cinco pesquisadores selecionados:

 

Claudia Cosme Mascarenhas, atualmente cursa Engenharia Ambiental e Urbana pela Universidade Federal do ABC.

Guilherme Braga de Oliveira Alves, Mestrando em Políticas Públicas em Direitos Humanos – Núcleo de Estudos em Políticas Públicas em Direitos Humanos (NEPP-DH/UFRJ).

Ignacio Amigo, Doutor pela  Universidad Autónoma de Madrid e repórter sobre cidades e mobilidade sustentável.

Juliana DeCastro Silva, Mestre (M.Sc) em Engenharia de Transportes pela COPPE/UFRJ. Atualmente cursa o doutorado (PET­COPPE) e integra o Núcleo de pesquisa sobre Planejamento Estratégico de Transporte e Turismo (PLANETT).

Lucas Bravo Rosin, bacharel em Gestão de Políticas Públicas pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo e em Administração Pública pela  Facultad de Ciencias Sociales y Comunicación de la Universidad de Vigo (Espanha)

 

 

 

 

Leia Também

Gestão do biênio 2017-2018: Carlos Eduardo Torres Freire, Ronaldo de Almeida, Angela Alonso e Graziela Castello  Angela Alonso foi mais uma vez escolhida como presidente do CEBRAP. A definição ocorreu durante a Assembleia de Sócios realizada na última sexta-feira, 19/5, no auditório do CEBRAP, que contou com a presença de membros do conselho e sócios […]

O Estado de S.Paulo – IVAN MARSIGLIA Uma cidade ingovernável. Esse é o adjetivo escolhido por uma das grandes estudiosas das metrópoles brasileiras para definir a São Paulo de nossos dias. Para quem topar a empreitada (e vencer as eleições municipais do ano que vem), a professora Marta Arretche lista as três prioridades: transporte, segurança e […]

O novo livro da pesquisadora e presidente do Cebrap, Angela Alonso, foi destaque na última edição do cardeno Ilustrada, do jornal Folha de S.Paulo. Em “Flores, Votos e Balas – O movimento abolicionista brasileiro (1868-88)”, a história do primeiro grande movimento social da história do Brasil é contada. Confira aqui, a matéria completa.