Desafio Mobilidade Itaú-CEBRAP 2017 inicia atividades

Os cinco pesquisadores que foram selecionados para programa

Um encontro realizado na tarde desta segunda-feira, 12/6, no CEBRAP marcou o início do projeto Desafio Mobilidade Itaú-CEBRAP 2017. Os cinco pesquisadores que foram selecionados para desenvolver propostas de estudos sobre mobilidade por bicicleta no Brasil conheceram os coordenadores do projeto e ainda assistiram a aula inaugural do programa com o Dr. Eduardo Vasconcellos, que abordou o tema “Políticas de Transporte no Brasil – a construção da mobilidade excludente”.

Além de desenvolver um trabalho inédito sobre o tema nos próximos seis meses, os pesquisadores selecionados participarão de cursos e oficinas de formação de métodos e técnicas de pesquisa, grupos de discussão e encontros de orientação para a elaboração do trabalho.

Ao final do processo, os projetos farão parte uma publicação editada pelo Itaú e pelo CEBRAP. Confira abaixo o nome dos cinco pesquisadores selecionados:

 

Claudia Cosme Mascarenhas, atualmente cursa Engenharia Ambiental e Urbana pela Universidade Federal do ABC.

Guilherme Braga de Oliveira Alves, Mestrando em Políticas Públicas em Direitos Humanos – Núcleo de Estudos em Políticas Públicas em Direitos Humanos (NEPP-DH/UFRJ).

Ignacio Amigo, Doutor pela  Universidad Autónoma de Madrid e repórter sobre cidades e mobilidade sustentável.

Juliana DeCastro Silva, Mestre (M.Sc) em Engenharia de Transportes pela COPPE/UFRJ. Atualmente cursa o doutorado (PET­COPPE) e integra o Núcleo de pesquisa sobre Planejamento Estratégico de Transporte e Turismo (PLANETT).

Lucas Bravo Rosin, bacharel em Gestão de Políticas Públicas pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo e em Administração Pública pela  Facultad de Ciencias Sociales y Comunicación de la Universidad de Vigo (Espanha)

 

 

 

 

Leia Também

No Dia Internacional da Mulher o CEBRAP homenageia todas as mulheres que lutaram e lutam por uma sociedade mais igualitária na pessoa de sua pesquisadora sênior e sócia-fundadora, a demógrafa Elza Berquó. Elza desenvolveu pesquisas pioneiras sobre demografia, sexualidade, raça e saúde reprodutiva, que tiveram impacto tanto no debate intelectual quanto nas políticas públicas.

Em 2009, o Cebrap – Centro Brasileiro de Análise e Planejamento – completa 40 anos. Para comemorar, a Cosac Naify, em nova parceria com o SESC SP, lança Retrato de grupo, que recupera a história da instituição que ajudou a formar o Brasil moderno. Em 2009, o Cebrap – Centro Brasileiro de Análise e Planejamento […]