Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2018

O Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2018 tem o objetivo de fomentar a produção de conhecimento sobre mobilidade por bicicleta no Brasil.

O programa apoiará a produção de cinco artigos acadêmicos inéditos sobre o tema “A bicicleta na mobilidade urbana”. Serão selecionados 5 pesquisadores com propostas de estudos que serão desenvolvidos em seis meses.

Os selecionados receberão o valor total de R$ 10.000 [dez mil reais] e participarão de cursos e oficinas em métodos e técnicas de pesquisa, grupos de discussão e encontros de orientação para elaboração do trabalho. Ao final do processo, os cinco artigos irão compor uma publicação, editada por Itaú e Cebrap.

O Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2018 é de abrangência nacional e os selecionados devem dedicar pelo menos 12h semanais ao projeto de agosto de 2018 a janeiro de 2019.

Inscrições até 08 de julho de 2018.

Para mais detalhes, veja o edital: Regulamento Desafio 2018

Leia também: Termo de Compromisso – Desafio Mobilidade Itau-Cebrap 2018

Leia Também

“Hegel é o primeiro filósofo a fazer de seu tempo o objeto da filosofia”, afirmou o professor da Unicamp e pesquisador do Cebrap, Marcos Nobre, durante o seminário ‘Como nasce o novo? Hegel e a Teoria Crítica’. Durante a apresentação e o debate, Nobre também tratou de seu mais recente livro, ‘Como nasce o novo‘ […]

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento – CEBRAP, em virtude do Convênio SCON2016-02872, torna público que fará Cotação Prévia de Preços – Pesquisa de Mercado, para contratação de agência de turismo. A presente tomada de preços tem como objetivo a contratação de agência de turismo para atender as necessidades do Projeto: “Linha de Cuidado […]

Hoje teve início, na USP, a primeira edição da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais. Na mesa de abertura estiveram presentes as organizadoras do evento, as professoras Maria Hermínia Tavares de Almeida e Marta Rodriguez de Assis Machado; a presidente do Cebrap, Angela Alonso; Raul Machado [Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional]; […]

“Aos meus filhos e seus companheiros de geração, para que façam mais e melhor”. Eis a dedicatória de Paul Singer em ‘Desenvolvimento e Crise’ [Difusão Europeia do Livro, 1968]. Tais palavras têm um significado múltiplo: o amor incondicional aos seus, o compromisso com a transformação, a esperança na juventude e a permanente busca do aperfeiçoamento. […]