Nota de pesar e indignação

O Cebrap manifesta pesar e indignação diante do assassinato da socióloga e vereadora Marielle Franco e de Anderson Pedro Gomes, que a acompanhava, na noite de ontem, 14 de março, no Rio de Janeiro.

É preocupante que o ato violento interrompa a trajetória de uma liderança negra e ativista dos direitos humanos, poucos dias após suas denúncias de violência policial em um Estado que está sob intervenção militar-federal.

Os assassinatos de Marielle e Anderson precisam ser investigados com rapidez, rigor e independência.

Leia Também

Livro e documentário revivem a luta de intelectuais que fizeram do Cebrap um lugar para se repensar o Brasil e o sentido da prática política. Era 1957. Ainda levaria tempo até chegar a escuridão da ditadura militar. Mas a resistência intelectual ao autoritarismo jogava suas sementes num seminário organizado por professores assistentes da Universidade de […]

O CEBRAP lançou, em parceria com o Centro de Pesquisa de Formação (CPF) do SESC São Paulo, dois livros digitais sobre métodos e técnicas de pesquisa em Ciências Sociais. Trata-se de um conjunto de textos que aborda de modo introdutório, mas detalhado, algumas das principais questões metodológicas em matéria de pesquisas qualitativas e quantitativas na […]