Os selecionados na segunda edição do Desafio Mobilidade Cebrap-Itaú

Foram divulgados nesta sexta, 3 de agosto, os 5 trabalhos selecionados na segunda edição do Desafio Mobilidade Cebrap-Itaú. Entre 15 de junho e 8 de julho, o Cebrap recebeu 60 inscrições para o programa que tem o objetivo de fomentar a produção de conhecimento sobre mobilidade por bicicleta no Brasil [na primeira edição foram 45 inscritos].

As pesquisadoras e pesquisadores selecionados receberão o valor total de R$ 10.000 [dez mil reais] e participarão de cursos e oficinas em métodos e técnicas de pesquisa, grupos de discussão e encontros de orientação para elaboração do trabalho que será desenvolvido em seis meses e, posteriormente, publicado. Confira os(as) selecionados(as) e suas respectivas propostas de pesquisa:

– Eduardo Rumenig de Souza [“Ciclovia vs. Ciclofaixa de Lazer na cidade de São Paulo: um estudo de georreferenciamento acerca dos benefícios e riscos do uso da bicicleta”]
– Kemmylle Ferreira [“Situação de infraestrutura destinada à mobilidade urbana por meio da bicicleta”]
– Paulo Hora [“Mobilidade(s) por bicicleta: estudo de caso no fluxo Barra da Tijuca e Jacarepaguá, Rio de Janeiro”]
– Ruth Aires [“Análise espacial da segurança viária da cidade de São Paulo: um estudo sobre a severidade dos acidentes com os ciclistas”]
– Tatiane Torres [“Políticas públicas para bicicleta: análise comparativa de duas cidades brasileiras”]

Ainda no evento – que teve aula inaugural de Clarisse Cunha Linke, diretora executiva do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento [ITDP], sobre alternativas de mobilidade para cidades mais inclusivas e menos poluídas – houve o lançamento do ‘Estudos de Mobilidade por Bicicleta’, livro que reúne os 5 trabalhos da primeira edição do Desafio Mobilidade Cebrap-Itaú [a versão digital do livro pode ser adquirida na Amazon].

– Ignacio Amigo [“Um carro a menos? Trocando o carro pela bicicleta”]
– Lucas Bravo Rosin [“Construção e execução da agenda de políticas cicloviárias em Bogotá, Buenos Aires e São Paulo”]
– Guilherme Braga Alves [“Metodologia para análise do uso de bicicletas em espaços periféricos: o caso de Santa Cruz, Rio de Janeiro”]
– Claudia Cosme Mascarenhas [“Um modelo de geração de viagens de bicicleta para a cidade de São Paulo”]
– Juliana DeCastro [“Sistema de bicicletas compartilhadas do Rio de Janeiro: uma análise exploratória do padrão de viagens e perfil dos usuários”]

Leia Também

Pesquisa financiada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente [CMDCA] e Fundo Municipal da Criança e do Adolescente [FUMCAD] da Prefeitura de São Paulo, “Tráfico de Drogas entre as Piores Formas de Trabalho Infantil: Mercados, Famílias e Redes de Proteção Social” discute o trabalho infantil no tráfico de drogas e em outros mercados informais, […]

Saiba mais sobre o último livro lançado por Ernesto Isunza Vera e Adrián Gurza Lavalle. Para el futuro de la democracia en el mundo, la proliferación de experiencias de innovación democrática es el fenómeno más sorprendente desde que los ciclos de las transiciones latinoamericanas y comunistas concluyeron sus fases más dramáticas, para desembocar en la […]

Livro e documentário revivem a luta de intelectuais que fizeram do Cebrap um lugar para se repensar o Brasil e o sentido da prática política. Era 1957. Ainda levaria tempo até chegar a escuridão da ditadura militar. Mas a resistência intelectual ao autoritarismo jogava suas sementes num seminário organizado por professores assistentes da Universidade de […]