Projeto Temático FAPESP nº 2014/11611-3, “Esfera Pública e Reconstrução: Sobre a constituição de um paradigma reconstrutivo no campo da Teoria Crítica”

O presente projeto pretende investigar a constituição ampla do que se entende por “paradigma crítico reconstrutivo”. Tal paradigma será avaliado aqui tendo em vista suas formulações nos debates pós-habermasianos, isto é, partindo do fato de que Habermas inaugura um paradigma que passou a ser disputado pelos novos modelos de Teoria Crítica, os quais lançam mão, de forma mais ou menos explícita, de recursos reconstrutivos com o intuito de dar continuidade e superar o deslocamento iniciado por ele em termos tanto teóricos quanto práticos. O primeiro dos dois subprojetos que compõem este Projeto Temático é dedicado tanto às origens desse paradigma – da Fenomenologia do espírito de Hegel à própria obra de Habermas – quanto à plausibilidade mesma de um paradigma reconstrutivo. O segundo subprojeto examina suas características prático-políticas mais importantes tendo em vista compreender qual é o papel que a esfera pública desempenha em um tal paradigma.

Anexos

Pesquisadores