Anunciados os selecionados para a Cátedra Itinerante Inclusão Produtiva no Brasil Rural e Interiorano

É com grande alegria que anunciamos o resultado do Edital 2020/21 da Cátedra Itinerante – Inclusão Produtiva no Brasil Rural e Interiorano, uma iniciativa conjunta do Cebrap-Sustentabilidade, da Fundação Arymax, da Fundação Tide Setubal e do Instituto Humanize.

O edital recebeu 40 propostas de todo o país e de diferentes centros de pesquisa. As seguintes instituições tiveram as suas propostas selecionadas:

1. Grupo de Estudos e Pesquisas em Agricultura, Alimentação e Desenvolvimento (GEPAD) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

2. Incubadora Tecnológica de Desenvolvimento e Inovação de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (INCUBITEC) do Instituto Federal do Pará (IFPA) – Campus Castanhal.

3. Programa de Pós-Graduação em Agroecologia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)

4. Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas (CEAPG-FGV/SP)

Agradecemos a participação de todos os demais que se dedicaram a elaborar propostas para o edital deste ano. Cada proponente não selecionado receberá um e-mail com uma breve avaliação da proposta submetida.

Reforçamos o interesse de buscar outras formas de aproximação em torno do tema da inclusão produtiva rural durante os próximos meses, seja por meio de atividades do Cebrap-Sustentabilidade ou por outras vias de colaboração.

Equipe de coordenação da Cátedra Itinerante
CEBRAP-Sustentabilidade

Leia Também

A pandemia de covid-19 ocasionou diversas mudanças no cotidiano das pessoas que vivem nas cidades. Boa parte da população mudou seus hábitos de sair de casa e frequentar espaços abertos ou fechados e a situação de trabalho de muitos foi impactada pela crise econômica e pelos novos acordos de trabalho remoto. Entrevistando as pessoas sobre […]

O Cebrap lamenta o falecimento de uma de suas mais antigas associadas, a Professora Maria Nazareth Ferreira. Especialista em movimentos sindicais e cultura popular, Maria Nazareth era professora titular aposentada da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.