Seminário em homenagem a Paul Singer

Em 8 de junho, o Cebrap recebeu um seminário especial em homenagem ao saudoso Paul Singer (1932-2018). Em meio a lembranças e análises, Maria Hermínia Tavares e Frederico Mazzucchelli falaram sobre um dos livros mais importantes da carreira do economista, o clássico “São Paulo 1975: Crescimento e Pobreza”.

“A percepção pós-golpe de 1964, vinda de autores como Celso Furtado, é que o Brasil iria estagnar economicamente. O que se viu após 1968 foi o começo do ‘milagre econômico’ e sua mistura de crescimento econômico e aumento da desigualdade. (…) A ideia era fazer um livro de fácil acesso, nada acadêmico, e bastante programático. É um livro que resume e condensa o que de melhor se fazia em pesquisa acadêmica no momento. (…) O livro teve bastante repercussão e algumas pessoas dizem que por isso houve uma reação em forma de atentado à boma ao Cebrap em 1976”, Maria Hermínia

“O livro mostra a cara feia do desenvolvimento econômico brasileiro na época do ‘milagre'”, Frederico Mazzucchelli.

Veja abaixo a íntegra do seminário.

Leia Também

O terceiro episódio do CebrapCast é uma homenagem ao sociólogo e ex-presidente do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, Vilmar Faria. O episódio foi intitulado “As consequências não intencionais das políticas públicas: a audaciosa teoria de Vilmar Faria sobre a transição demográfica no Brasil” e conta com a particiapação de Eduardo Rios Neto, presidente do […]

Ja está disponível on-line o banco de dados Sistema de Saúde Privado e Público, 2008 – CIS0335 São freqüentes as afirmações de que a imagem da baixa qualidade dos serviços públicos de saúde deve-se à experiência da população com o SUS. A pesquisa (…) mostra, no entanto, que as coisas não são exatamente assim. Em […]

Foi lançado nesta quarta, 20 de março, o CopiCola, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT) da Prefeitura de São Paulo. O programa tem como objetivo “sistematizar e compartilhar boas práticas de inovação para que essas experiências possam ser aplicadas em outras áreas da própria Prefeitura e em outras esferas de governo”. […]