O que é o observatório de política externa na imprensa?

A medida em que se alargou o círculo dos que acompanham e se interessam pela ação externa do país, as opiniões sobre ela se diversificaram e com frequência divergiram. Hoje, a imprensa escrita é, a um só tempo, arena e protagonista de um debate informado sobre a política exterior do país. Por esta razão, decidimos acompanhar o que pensam e dizem sobre o tema os principais órgãos da imprensa escrita, como protagonistas, em seus editoriais, e como meio, nos artigos assinados por seus colaboradores permanentes e eventuais. Nossa equipe de pesquisadores lê, cataloga e organiza de forma temática artigos assinados e editoriais publicados na imprensa diária de maior circulação. Acompanhamos, simultaneamente, os pronunciamentos de autoridades do primeiro escalão – Presidente, Vice-presidente, Ministro das Relações Exteriores — sobre a política externa brasileira. As informações mais importantes são publicadas aqui, a cada semestre. Este boletim e o levantamento que o alimenta são realizados pelo Grupo de Pesquisa Imprensa, Opinião Pública e Política Externa e faz parte do projeto O Brasil, as Américas e o Mundo, uma parceria entre Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo e o CEBRAP, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

 

Metodologia

Nossa equipe de pesquisadores lê, cataloga e organiza de forma temática, em um banco de dados, artigos assinados, entrevistas com especialistas e editoriais publicados na imprensa diária ou semanal de maior circulação: Folha de S. Paulo, O Globo, O Estado de S. Paulo e Valor Econômico. Recentemente adicionamos o jornal exclusivamente digital, Gazeta do Povo. Além de registrar a posição expressa em cada texto sobre a política externa brasileira, acompanhamos uma série de temas específicos relacionados às orientações e grandes linhas de atuação do governo no plano internacional. Classificamos como contrários à política externa os textos que a ela fazem críticas explicitas e favoráveis aqueles que explicitamente a elogiam. O termômetro CEBRAP, que visa medir o grau de apoio à política externa brasileira, toma em consideração apenas artigos, entrevistas e editoriais que são explicitamente favoráveis à ação internacional do governo.

Coordenadores

     

      Maria Hermínia Tavares de Almeida 
      Coordenadora (CEBRAP)

 

 

     

    Ivan Filipe Fernandes 
      UFABC

 

Pesquisadores Bolsistas

Alanna Lima dos Santos
Allegra Levandoski
Anna Carolina Raposo de Mello
Beatriz Almeida da Silva
Bruno Castro Dias da Fonseca
Caique Terenzzo
Catarina Roman
Cicley Dias do Sacramento
Fernando Favalle
Gabriel Santos Carneiro
Giovanna Thomé França
Priscila Petris

Apoio

Projeto Temático O Brasil, as Américas e o Mundo.

Últimos Boletins

Boletim nº10 – primeiro semestre de 2020

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA NO GOVERNO BOLSONARO A proporção de formadores de opinião que apoiou a política externa do governo Jair Bolsonaro, no primeiro semestre de 2020 foi próxima dos 15%. O percentual dos que o fizeram variou segundo os diferentes veículos....

Boletim nº9 – segundo semestre de 2019

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA NO GOVERNO BOLSONARO A proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo Jair Bolsonaro, no segundo semestre de 2019 foi próxima dos 15%. O percentual dos que o fizeram variou segundo os diferentes...

Boletim nº8 – primeiro semestre de 2019

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA NO GOVERNO BOLSONARO A proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo Jair Bolsonaro, no primeiro semestre de 2019 foi próxima dos 30%. O percentual dos que o fizeram variou segundo os...

Boletim nº7 – primeiro quadrimestre de 2016

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO ROUSSEFF Foi pequena a proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo de Dilma Rousseff no primeiro quadrimestre de 2016. O percentual dos que o fizeram variou segundo os diferentes...

Boletim Especial nº1 – 2014/2015

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO ROUSSEFF Foi pequena a proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo de Dilma Rousseff no biênio 2014-2015. O percentual dos que o fizeram variou entre os anos, mas não foi superior...

Boletim nº6 – terceiro quadrimestre de 2015

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO ROUSSEFF A proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo de Dilma Rousseff no, terceiro quadrimestre, foi a mais baixa de 2015. O percentual dos que o fizeram variou segundo os...

Boletim nº5 – segundo quadrimestre de 2015

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO ROUSSEFF Continua baixa a proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo de Dilma Rousseff no segundo quadrimestre do ano, ainda que superior ao do quadrimestre anterior. O percentual...

Boletim nº4 – primeiro quadrimestre de 2015

A IMPRENSA E A POLÍTICA EXTERNA DO GOVERNO ROUSSEFF É baixa a proporção de formadores de opinião que apoiou publicamente a política externa do governo de Dilma Rousseff no primeiro quadrimestre do ano. Mas o percentual dos que o fizeram variou segundo os diferentes...