Seminário Cebrap irá discutir a participação dos militares na política

O próximo Seminário Cebrap irá abordar um tema sensível – Os Militares e a Democracia. “O objetivo é ouvir especialistas para entender o momento em que vivemos e as implicações para a estabilidade da democracia, que foi tão duramente conquistada no país e que, de alguma maneira, promoveu mudanças e avanços importantes nos últimos 25, 30 anos”, explica Maria Hermínia Tavares, pesquisadora do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento e mediadora do debate. O seminário está marcado para o dia 13/8, às 11h, nas redes do Cebrap.

Os convidados serão Octávio Amorim Neto, da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, um dos principais estudiosos da dimensão política das Forças Armadas no contexto brasileiro, e Anaís Passos, da Universidade Federal de Santa Catarina, cujo trabalho tem abordado o tema dos militares na política.

As Forças Armadas têm longo histórico de participação na vida política do país. Desde a redemocratização, no entanto, eles passaram a ter uma posição mais distante do conflito político e mais condizente com as funções que lhes são atribuídas pela Constituição de 1988. Com a chegada de Jair Bolsonaro à presidência, houve uma mudança na atitude das Forças Armadas em relação à vida política brasileira. Os militares não apenas participam mais do governo, como passaram a fazer pronunciamentos sobre questões políticas atuais.

O próximo Seminário Cebrap se propõe a discutir o assunto e trazer elementos para a compreensão do momento atual e das possíveis implicações na democracia brasileira. O seminário Os Militares e a Democracia será no dia 13/8, às 11h, exibido no YouTube, Facebook e LinkedIn do Cebrap.

Leia Também

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento – CEBRAP, em virtude do Convênio SCON2016-02872, torna público que fará Cotação Prévia de Preços – Pesquisa de Mercado, para contratação de serviços de Coffee Break. A presente tomada de preços tem como objetivo a contratação de serviços de Coffee Break para atender as necessidades do Projeto: “Linha de Cuidado para […]