22 fev | 10h

Finanças verdes: para que e para quem?

Nos dias 22 e 23 de fevereiro de 2022, o evento “Diálogos sobre as finanças verdes: os desafios para o financiamento de uma transição verde justa no Brasil” reunirá atores dos setores público e privado, da sociedade civil e da academia para debater os potenciais e os limites de instrumentos financeiros verdes como forma de direcionamento do financiamento privado e público para a transição a uma economia efetivamente sustentável no Brasil, de forma democrática e justa.

A transmissão das três mesas de debates do evento será realizada nas redes sociais do Cebrap (YouTube, Facebook e LinkedIn).

Diálogo 1 – Finanças verdes: para que e para quem?
22 de fevereiro – 10h

O primeiro diálogo objetiva introduzir o tema das finanças verdes por meio da discussão dos seus propósitos. O que prometem as finanças verdes? Cumprem, de fato, o que prometem? E o que prometem é suficiente? Há ou deveria haver propósitos específicos sobre o que, como e onde se financia no contexto particular de economia e da sociedade brasileiras?

Participantes:
Ana Terra Reis- Programa de Financiamento Popular da Agricultura Familiar para Produção de Alimentos Saudáveis do MST (FINAPOP)
Gustavo Pinheiro – Instituto Clima e Sociedade (iCS) – @gtpinhei
José Luis Gordon – Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) – @zegordon
Marcela Vecchione-Gonçalves – Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (UFPA)
Marina Barki – Climate Bonds Initiative (CBI) – @ninabarki
Mediação: Iagê Miola – Departamento de Direito da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – @iagezm

 

Leia Também

O artigo “Um ano sem Giannotti”, escrito por Marcos Nobre, presidente do Cebrap, abre a edição 123 da revista Novos Estudos. O texto é uma homenagem a José Arthur Giannotti, um dos fundadores da instituição, que faleceu em julho do ano passado. O Cebrap também presta sua homenagem. Por decisão do Conselho Executivo, o Núcleo […]

Há meio século foi realizada a Conferência de Estocolmo. Pela primeira vez chefes de Estado se reuniram para tratar de temas ambientais, dando início ao processo de formulação e disseminação da ideia de desenvolvimento sustentável. O ano de 2022 marca também os 30 anos de realização da segunda conferência das Nações Unidas sobre o tema, ocorrida no Rio de Janeiro, a chamada Eco92.

A pandemia de covid-19 ocasionou diversas mudanças no cotidiano das pessoas que vivem nas cidades. Boa parte da população mudou seus hábitos de sair de casa e frequentar espaços abertos ou fechados e a situação de trabalho de muitos foi impactada pela crise econômica e pelos novos acordos de trabalho remoto. Entrevistando as pessoas sobre […]

Duas pesquisas desenvolvidas pelo Cebrap Sustentabilidade foram destaque no jornal Valor Econômico. O relatório “Inclusão Produtiva no Brasil Rural e Interiorano”, elaborado pelo Cebrap juntamente com as Fundações Arymax e Tide Setubal e o Instituto Humanize, e o estudo “Campeões em produção, campeões em desenvolvimento?”, desenvolvido pelo Cebrap em parceria com a UFABC.