Afro-Cebrap participa de força-tarefa dedicada à combater a discriminação e as desigualdades raciais e étnicas no T20

O Afro-Cebrap recebeu convite da organização do T20 Brasil para participar da força-tarefa (task force) dedicada ao tema do combate às desigualdades, à pobreza e à fome. O núcleo estará representado pelo Coordenador de pesquisa Paulo Ramos em parceria com a Co-dreamer da Liberation Alliance África. Omolara Oriye. Atuaremos, especificamente, no subitem 7 destinado a combater a discriminação e as desigualdades raciais e étnicas.

Enfatizando o imperativo moral, bem como a lógica de desenvolvimento para combater a discriminação e as desigualdades raciais e étnicas, o subitem 7 apresentará recomendações para os membros do G20 promoverem a cooperação global com vista a encorajar políticas que desmantelem práticas discriminatórias e promovendo a diversidade. As sugestões devem incluir reformas abrangentes na educação, no emprego e nos quadros jurídicos. A Força Tarefa 1 – Combater as desigualdades, a pobreza e a fome, visa reunir recomendações políticas que enfocam a primeira prioridade da presidência brasileira do G20. Em particular, pretende oferecer contribuições à Força-Tarefa do G20 sobre o combate à pobreza e à fome, mas também olhar para todas as formas de desigualdades, uma prioridade do grupo de trabalho do G20 para o Desenvolvimento do Brasil, que pode ser abordada de forma transversal por todos os grupos de trabalho do G20.

O Grupo dos Vinte (G20) é o principal fórum de cooperação econômica internacional. Desempenha um papel importante na definição e no reforço da arquitetura e da governança mundiais em todas as grandes questões econômicas internacionais. O G20 conta com presidências rotativas anuais. O Brasil exerce a presidência do G20 de 1º de dezembro de 2023 a 30 de novembro de 2024. Inicialmente, o G20 concentrava-se principalmente em questões macroeconômicas gerais, mas expandiu sua agenda para incluir temas como comércio, desenvolvimento sustentável, saúde, agricultura, energia, meio ambiente, mudanças climáticas e combate à corrupção.

Leia Também

Em tempos de Covid-19, quarentena e isolamento social, o Cebrap transferiu seus debates do Auditório Elza Berquó para a internet. Com transmissão ao vivo no canal do Cebrap no YouTube, os seminários virtuais vem tratando de diversos aspectos – econômicos, políticos, trabalho, etc – do Brasil e do mundo atingidos e transformados por essa crise […]