Inscrições abertas para o Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2019

O Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2019 tem o objetivo de fomentar a produção de conhecimento sobre mobilidade por bicicleta no Brasil. O programa apoiará a produção de 5 artigos acadêmicos inéditos sobre o tema “A bicicleta na mobilidade urbana”. Serão selecionados 5 pesquisadores com propostas de estudos que serão desenvolvidos em seis meses.

Os selecionados receberão o valor total de R$ 10.000 [dez mil reais] e participarão de cursos e oficinas em métodos e técnicas de pesquisa, reuniões mensais de apresentação de resultados preliminares e encontros de orientação para elaboração do trabalho. Ao final do processo, os cinco artigos irão compor uma publicação, editada por Itaú e Cebrap.

O Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2019 é de abrangência nacional e os selecionados devem dedicar pelo menos 12h semanais ao projeto de julho a dezembro de 2019.

Inscrições de 13 a 30 de maio de 2019.

Para mais detalhes, veja o edital: Regulamento Desafio 2019

Leia também: Anexo 1 – Termo de Compromisso – Desafio Mobilidade Itau-Cebrap 2019

Leia Também

Pesquisadores do Cebrap participam da oficina de encerramento da “Agenda do Conhecimento” na sede do BID em Brasília. Os pesquisadores Haroldo Torres e John Marion Sydenstricker participarão da oficina de encerramento da “Agenda do Conhecimento” realizada pela Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (SAGI) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no próximo dia […]

Está disponível para download gratuito o livro ‘Elza Berquó – Encontros’. Organizado por Sandra Garcia, Rosana Baeninger, Tânia Lago e Chico Max, a publicação é um passeio repleto de imagens da vida, dos trabalhos e das amizades da demógrafa, e uma das fundadoras do Cebrap, Elza Berquó. Baixe o livro: Livro Elza – Cebrap Marcos […]

A presente tomada de preços tem como objetivo a contratação de serviços de estatístico para atender as necessidades do Projeto: “Linha de Cuidado para a Saúde na Adolescência e Juventude para o Sistema Único de Saúde, no Estado de São Paulo” conforme plano de trabalho aprovado CEPESC SCON2016-02872. Veja mais detalhes aqui