Estudo do Cebrap divulga índice de progresso social na região de Tapajós

Foi lançado nesta quinta-feira (22), o Índice de Progresso Social Comunidades Tapajós (IPS Tapajós), fruto de um estudo desenvolvido pelo Cebrap em parceria com o Projeto Saúde & Alegria e patrocinado pela Natura. O IPS traz resultados sobre a qualidade de vida da população do Tapajós analisando 3 grandes dimensões: necessidades humanas básicas, fundamentos do bem-estar e oportunidades. A pesquisa foi realizada em cinco municípios (Santarém, Belterra, Mojuí dos Campos, Óbidos e Oriximiná) e apresenta dados tanto das áreas urbanas quanto das áreas rurais e ribeirinhas da região.

Graziela Castello, diretora administrativa do Cebrap, esteve à frente do projeto e falou ao Jornal Tapajós sobre os resultados do IPS Tapajós. Confira a reportagem aqui.

Sobre o IPS Tapajós

O Índice de Progresso Social da região do Tapajós 2022, em suas 12 dimensões de análise, levantou diferentes situações de vulnerabilidade das populações residentes em áreas urbanas e rurais da região. Em todo território, a falta de acesso ao ensino superior aparece como o problema mais latente e que atinge as diferentes áreas analisadas. Entre a população das áreas urbanas, questões associadas à falta de informação e cuidado com a floresta, bem como qualidade de atendimento médico e baixo consumo de proteínas (problemas de nutrição) apareceram como fatores de maior atenção. Nas áreas rurais/ribeirinhas a inclusão digital, pela indisponibilidade de conexão nos territórios e falta de conhecimento sobre o uso das tecnologias, bem como ausência de serviço de coleta de lixo se revelaram bastante preocupantes. O estudo elenca diferentes fatores sobre as necessidades básicas da população, condicionantes para o bem-estar e acesso a diferentes elementos que propiciam oportunidades para o desenvolvimento.

O relatório completo está disponível, acesse aqui.

 

Leia Também

O número 120 da revista reúne oito artigos, dentre eles um texto inédito de José Arthur Giannotti, além de ensaio visual da artista plástica Silvia Mecozzi A revista Novos Estudos Cebrap lança nesta semana a sua 120ª edição. O primeiro artigo apresenta texto inédito de José Arthur Giannotti, um dos fundadores do Cebrap e seu presidente em duas […]

O Cebrap e o Centro de Estudos da Metrópole são parceiros do seminário Mapeando as desigualdades digitais – Novas metodologias e evidências para políticas públicas que acontecerá em São Paulo, no dia 28 de outubro, a partir das 14h. Iniciativa do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), departamento do […]

O objetivo da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais [ou São Paulo School of Advanced Studies in Social Science/SPASS] é apresentar conhecimento de ponta sobre distintas dimensões das sociedades democráticas contemporâneas submetidas a pressões entrecruzadas resultantes dos impactos da globalização sobre a dinâmica das desigualdades; da formação de identidades coletivas diversificadas e de sua […]

Como parte de um esforço para diminuir a disseminação do COVID-19, o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) e o Institute of Development Studies (IDS) cancelaram parte do encontro “Desenvolvimento, inovação política e desigualdades: agendas para a nova década” que aconteceria na sede do Cebrap – Rua Morgado de Mateus, 615, Vila Mariana, São […]