Governança florestal na Amazônia foi tema discutido pelo Cebrap Sustentabilidade em lives. Assista aos encontros

O Cebrap Sustentabilidade promoveu, nos dias 12 e 13 de abril, o seminário “Como promover a governança florestal na Amazônia?”, que contou com transmissão ao vivo pelas redes do Cebrap. O objetivo do seminário foi discutir a trajetória histórica da agenda brasileira na promoção de atividades produtivas sustentáveis e mais inclusivas na Amazônia. O evento foi dividido em quatro mesas, que abordaram perspectivas específicas – desde os mecanismos de mercado, às políticas públicas e algumas formas de governança.

O seminário faz parte de um projeto internacional coordenado pela Chatham House (organização política independente do Reino Unido). Outras três instituições de pesquisa compõem o projeto: CTSS – IPB University, na Indonésia, CEPAS, na República Democrática do Congo, e Cebrap Sustentabilidade.

Assista na íntegra aos quatro encontros:


Mesa 1 – Os governos e a floresta

Transmitido em 12/4 às 10h


Mesa 2 – Os povos e a floresta

Transmitido em 12/4 às 15h


Mesa 3 – Os mercados e a floresta

Transmitido em 13/4 às 10h


Mesa 4 – A cooperação internacional e a floresta

Transmitido em 13/4 às 15h

Leia Também

A pesquisadora Renata Ribeiro Francisco é a nova editora da revista Novos Estudos do Cebrap. Escolhida pelo Conselho Editorial, ela assume a função desempenhada por Rita Palmeira ao longo dos últimos quatro anos. Renata Francisco é doutora em história pela Universidade de São Paulo (USP) e realiza estágio de pós-doutorado na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). […]

15 de maio de 2019 foi o segundo dia do seminário “Democracia à brasileira – Cebrap 50 anos” e os debates começaram tratando de instituições políticas, depois mobilizações sociais, e finalmente, desenvolvimento e trabalho. A segunda mesa do #Cebrap50anos reuniu Argelina Figueiredo (Cebrap/IESP), Maria Hermínia Tavares de Almeida (Cebrap/USP) e Fernando Limongi (Cebrap/USP/FGV) resgatando contribuições […]