Nota de pesar pelo falecimento de Paul Singer

O Cebrap lamenta profundamente o falecimento de um de seus fundadores, o economista Paul Singer, na tarde desta segunda-feira, 16 de abril de 2018. ​Paul teve enorme relevância para o Cebrap e para o país, por suas pesquisas [caso de ‘São Paulo 1975: Crescimento e Pobreza’], por seus escritos e sua atuação pública.

Economista inicialmente autodidata, entrou na Universidade de São Paulo, no curso de Ciências Econômicas e Administrativas, onde se formou em 1959. Durante o curso, integrou-se ao Seminário de ‘O Capital’, juntamente com Fernando Henrique Cardoso, José Arthur Giannotti, Fernando Novais, Octavio Ianni, Roberto Schwarz e outros intelectuais da USP, com os quais mais tarde fundaria o Cebrap.

Pessoa doce, calorosa e generosa, Paul fará muita falta​ para todos os cebrapianos.

Saiba mais sobre sua obra e vida em Paul Singer

Retrato de Paul Singer feito por Ernesto Bonato

Leia Também

Foi numa sexta, 3 de agosto, que o Cebrap teve o prazer de receber Teresa Pires do Rio Caldeira. A antropóloga, professora da UC Berkeley e autora do livro ‘Cidade de muros: crime, segregação e cidadania em São Paulo’ esteve na Morgado de Mateus para falar sobre o trabalho da amiga e companheira antropóloga, Ruth […]

Mais de 250 pesquisadores do Brasil e do exterior, incluindo cebrapianos como Elza Berquó e Sandra Garcia, divulgaram na sexta, 14 de junho, uma carta aberta em defesa da Diretoria da Associação Brasileira de Estudos Populacionais e técnicos do IBGE e rejeitando “os cortes no escopo temático do Censo Demográfico, e a consequente deslegitimização do […]

15 de maio de 2019 foi o segundo dia do seminário “Democracia à brasileira – Cebrap 50 anos” e os debates começaram tratando de instituições políticas, depois mobilizações sociais, e finalmente, desenvolvimento e trabalho. A segunda mesa do #Cebrap50anos reuniu Argelina Figueiredo (Cebrap/IESP), Maria Hermínia Tavares de Almeida (Cebrap/USP) e Fernando Limongi (Cebrap/USP/FGV) resgatando contribuições […]