Nota de pesar pelo falecimento de Paul Singer

O Cebrap lamenta profundamente o falecimento de um de seus fundadores, o economista Paul Singer, na tarde desta segunda-feira, 16 de abril de 2018. ​Paul teve enorme relevância para o Cebrap e para o país, por suas pesquisas [caso de ‘São Paulo 1975: Crescimento e Pobreza’], por seus escritos e sua atuação pública.

Economista inicialmente autodidata, entrou na Universidade de São Paulo, no curso de Ciências Econômicas e Administrativas, onde se formou em 1959. Durante o curso, integrou-se ao Seminário de ‘O Capital’, juntamente com Fernando Henrique Cardoso, José Arthur Giannotti, Fernando Novais, Octavio Ianni, Roberto Schwarz e outros intelectuais da USP, com os quais mais tarde fundaria o Cebrap.

Pessoa doce, calorosa e generosa, Paul fará muita falta​ para todos os cebrapianos.

Saiba mais sobre sua obra e vida em Paul Singer

Retrato de Paul Singer feito por Ernesto Bonato

Leia Também

“Hegel é o primeiro filósofo a fazer de seu tempo o objeto da filosofia”, afirmou o professor da Unicamp e pesquisador do Cebrap, Marcos Nobre, durante o seminário ‘Como nasce o novo? Hegel e a Teoria Crítica’. Durante a apresentação e o debate, Nobre também tratou de seu mais recente livro, ‘Como nasce o novo‘ […]

Pioneira dos estudos demográficos no Brasil e uma das fundadoras do Cebrap, Elza Berquó foi convidada pela ABEP (Associação Brasileira de Estudos Populacionais) para participar da campanha ‘Em defesa do Censo 2020’. Confira abaixo seu depoimento. Assista ainda depoimentos de Eduardo Rios-Neto, George Martine, José Marcos Pinto da Cunha e Bernadette Waldvogel numa playlist criada especialmente para o movimento […]