Nova ferramenta do Observatório da Religião e Interseccionalidades mapeia organizações e associações religiosas do Brasil

O Observatório da Religião e Interseccionalidades desenvolveu o Painel das Organizações e Associações Religiosas, uma ferramenta para consulta. Com ela, é possível saber quantas instituições religiosas existem legalmente no Brasil, onde elas estão localizadas e quais são elas.

O georreferenciamento de organizações e associações religiosas é o primeiro produto da pesquisa “Há um agrocristianismo em formação no Brasil?”. Essa pesquisa é desenvolvida pelo Observatório dentro do projeto temático “Pluralismo religioso e diversidades no Brasil pós-Constituinte”, financiado pela Fapesp.

Acesse aqui: https://cebrap.org.br/organizacoes-e-associacoes-religiosas-no-brasil/

Leia Também

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento – CEBRAP, em virtude do Convênio SCON2016-02872, torna público que fará Cotação Prévia de Preços – Pesquisa de Mercado, para contratação de serviços de Coffee Break. A presente tomada de preços tem como objetivo a contratação de serviços de Coffee Break para atender as necessidades do Projeto: “Linha de Cuidado para […]

Mais de 250 pesquisadores do Brasil e do exterior, incluindo cebrapianos como Elza Berquó e Sandra Garcia, divulgaram na sexta, 14 de junho, uma carta aberta em defesa da Diretoria da Associação Brasileira de Estudos Populacionais e técnicos do IBGE e rejeitando “os cortes no escopo temático do Censo Demográfico, e a consequente deslegitimização do […]

O livro “Estudos de Mobilidade por Bicicleta 5″, resultado do Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap, foi lançado na quarta-feira (8/6). O projeto tem como objetivo fomentar a produção de conhecimento sobre mobilidade por bicicleta no Brasil. O evento aconteceu presencialmente na sede do Cebrap, com transmissão ao vivo para o canal do YouTube. Assista aqui. Acesse a publicação […]

Está aberta a seleção de 2023 do Programa Internacional de Pós-Doutorado (IPP) do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), em São Paulo. Seguindo a pluralidade teórica e metodológica do Centro e as experiências anteriores de formação de quadros da Casa, o IPP selecionará até 10 doutoras(es), de diferentes nacionalidades, das áreas de antropologia, ciência […]