Pesquisa do Cebrap sobre desmonte nos Comitês e Conselhos Nacionais é destaque do Jornal Nacional

Levantamento inédito elaborado pelo Núcleo de Democracia e Ação Coletiva do Cebrap mostra que 75% dos Comitês e Conselhos Nacionais, que reuniam representantes da sociedade para discutir políticas públicas, foram esvaziados durante o governo Bolsonaro. O assunto foi destaque na edição do Jornal Nacional da TV Globo exibido em 25/10. A pesquisadora Carla Bezerra, do Cebrap, foi entrevistada pela reportagem para dar mais detalhes.

Além de Carla Bezerra, estiveram envolvidos neste levantamento os pesquisadores Adrian Gurza Lavalle, Débora Rezende e Monika Dowbor, além das bolsistas Rebeca Dantas e Alessandra Ribeiro.

Assista a íntegra da reportagem: https://globoplay.globo.com/v/9980975/

 (Imagem: coffeekai/iStock.com)

Leia Também

Está aberta a seleção de 2022 do Programa Internacional de Pós-Doutorado (IPP) do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), em São Paulo. Seguindo a pluralidade teórica e metodológica do Centro e as experiências anteriores de formação de quadros da Casa, o IPP selecionará até 10 doutoras(es) das áreas de antropologia, ciência política, demografia, direito, […]

As cidades brasileiras perderam Lúcio Kowarick, um dos mais argutos pioneiros da sociologia urbana brasileira. Eu, Eduardo, guardo ainda comigo o exemplar, surrado e colado, de “A Espoliação Urbana” comprado em sebo na Rua da Carioca no Rio de Janeiro em 1989. Assim como eu, muitos pesquisadores e ativistas do urbano fomos profundamente impactados por […]

O primeiro episódio do CebrapCast debate “Os Miliates e a Democracia”. Os convidados são Octávio Amorim Neto, da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, um dos principais estudiosos da dimensão política das Forças Armadas no contexto brasileiro, e Anaís Passos, da Universidade Federal de Santa Catarina, cujo trabalho tem abordado o tema dos militares […]

Nota de falecimento O Cebrap lamenta o falecimento do cientista político argentino Guillermo O’Donnell, um dos principais teóricos do autoritarismo e da democracia na América Latina. Entre seus trabalhos seminais estão Modernización y autoritarismo (1972) e El Estado burocrático autoritário (1982), estudos cruciais para a compreensão das origens e da natureza dos regimes autoritários da […]