Pesquisadoras do Cebrap vencem editais da FAPESP

As pesquisadoras do Cebrap Nadya Araujo Guimarães e Vera Schattan Coelho participaram de dois projetos que foram selecionados em uma chamada de propostas com a Plataforma Transatlântica para Ciências Humanas e Sociais. A chamada inédita envolvia 25 países e selecionou 19 projetos de pesquisa em Ciências Humanas e Sociais voltadas à recuperação pós-COVID-19. Os resultados foram divulgados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Os projetos selecionados foram “Quem se importa? Reconstruindo o cuidado num mundo pós-pandemia”, com Nadya Araujo como pesquisadora responsável, e “Reconstrução, comunidades e intersetorialidade: Trabalhando com Respostas Comunitárias e Colaborações Intersetoriais para promover avanços na Saúde e na Justiça Alimentar durante e após a pandemia de Covid-19”, com Vera Schattan Coelho como pesquisadora principal.

Confira todos os projetos aqui.

Leia Também

Realizada pelo Núcleo de Desenvolvimento do Cebrap em parceria com o Itaú Unibanco, a pesquisa buscou compreender, a partir da percepção dos moradores de 5 capitais brasileiras, os padrões de mobilidade e as questões ligadas a eles no antes, durante e expectativas para depois da pandemia.

Os 40 anos do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) são lembrados hoje no Sesc Vila Mariana em evento que marca o lançamento do livro e do DVD Retrato de Grupo. Os 40 anos do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) são lembrados hoje no Sesc Vila Mariana em evento que marca o […]