Desafio Mobilidade Itaú-CEBRAP 2017 inicia atividades

Os cinco pesquisadores que foram selecionados para programa

Um encontro realizado na tarde desta segunda-feira, 12/6, no CEBRAP marcou o início do projeto Desafio Mobilidade Itaú-CEBRAP 2017. Os cinco pesquisadores que foram selecionados para desenvolver propostas de estudos sobre mobilidade por bicicleta no Brasil conheceram os coordenadores do projeto e ainda assistiram a aula inaugural do programa com o Dr. Eduardo Vasconcellos, que abordou o tema “Políticas de Transporte no Brasil – a construção da mobilidade excludente”.

Além de desenvolver um trabalho inédito sobre o tema nos próximos seis meses, os pesquisadores selecionados participarão de cursos e oficinas de formação de métodos e técnicas de pesquisa, grupos de discussão e encontros de orientação para a elaboração do trabalho.

Ao final do processo, os projetos farão parte uma publicação editada pelo Itaú e pelo CEBRAP. Confira abaixo o nome dos cinco pesquisadores selecionados:

 

Claudia Cosme Mascarenhas, atualmente cursa Engenharia Ambiental e Urbana pela Universidade Federal do ABC.

Guilherme Braga de Oliveira Alves, Mestrando em Políticas Públicas em Direitos Humanos – Núcleo de Estudos em Políticas Públicas em Direitos Humanos (NEPP-DH/UFRJ).

Ignacio Amigo, Doutor pela  Universidad Autónoma de Madrid e repórter sobre cidades e mobilidade sustentável.

Juliana DeCastro Silva, Mestre (M.Sc) em Engenharia de Transportes pela COPPE/UFRJ. Atualmente cursa o doutorado (PET­COPPE) e integra o Núcleo de pesquisa sobre Planejamento Estratégico de Transporte e Turismo (PLANETT).

Lucas Bravo Rosin, bacharel em Gestão de Políticas Públicas pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo e em Administração Pública pela  Facultad de Ciencias Sociales y Comunicación de la Universidad de Vigo (Espanha)

 

 

 

 

Leia Também

Na próxima segunda, 5 de agosto, a partir das 11h, o Cebrap sedia mais uma edição do Diálogos Cebrap/Folha.  Com mediação da jornalista Ana Estela de Sousa, da Folha de S. Paulo, o economista Ricardo Paes de Barros (Instituto Ayrton Senna e Insper) e o demógrafo José Marcos Pinto da Cunha (Nepo e IFCH/Unicamp) discutem o […]

Em mais um seminário da série ‘Cebrap 50 anos, obras fundamentais’, Andrea Loyola (IMS/UERJ), Magda Isabel (UFSCar) e Tania Lago (Santa Casa) discutiram a importância e a atualidade dos trabalhos de Elza Berquó, uma das fundadoras do Cebrap, no campo dos estudos de reprodução e também nas discussões raciais, especialmente das mulheres negras. Confira o […]

O CEBRAP lamenta a perda de Antonio Candido, autor de extensa e inestimável contribuição para o pensamento social no Brasil e no mundo. Membro do quadro de sócios do CEBRAP desde 1971, Candido foi um mestre para várias gerações de pesquisadores em literatura e ciências humanas. Que a erudição e o rigor crítico do professor […]