Chamada para trabalhos da conferência internacional sobre difusão de políticas públicas

Está aberta até o dia 15 de dezembro uma chamada para trabalhos da II Conferência Internacional para Difusão de Políticas Públicas e Cooperação para o Desenvolvimento [II International Conference on Policy Diffusion and Development Cooperation] que acontecerá em São Paulo de 25 a 27 de maio de 2020.

O evento, que começou como um seminário no Cebrap em 2016, é uma conferência bienal que, em 2018, reuniu mais de 270 participantes de todos os cantos do mundo e logo depois se transformou numa rede global com mais de 400 pesquisadores. Toda falada em inglês, a conferência organizada por Osmany Porto [professor da Unifesp e pesquisador do Cebrap] reúne grandes especialistas em ciência política, sociologia, políticas públicas, relações internacionais, estudos urbanos e geografia para discutir como as políticas públicas podem ir de um lugar para o outro e como governos podem cooperar.

Saiba mais no site oficial do evento: ICPDDC 2020

Íntegra da chamada para trabalhos: call-for-papers-v2

Leia Também

‘Cebrap Pesquisa’ é uma série mensal que tem como objetivo divulgar – aqui no site, mas também no Facebook, Twitter e YouTube – trabalhos em andamento do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. O primeiro vídeo da série é Impacto Social do Uso da Bicicleta em São Paulo, um estudo feito pelo Cebrap com patrocínio […]

Na última semana de atividades de 2019, mais precisamente nos dias 16, 17 e 18 de dezembro, o Cebrap sedia o II Seminário Internacional Propriedades em Transformação e Conferência Financiamento do Desenvolvimento Sustentável no Brasil. Sobre o ‘II Seminário Internacional Propriedades em Transformação – Expandindo a agenda de pesquisa: novos temas, outras disciplinas’: “A propriedade […]

Foi lançado nesta quarta, 20 de março, o CopiCola, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT) da Prefeitura de São Paulo. O programa tem como objetivo “sistematizar e compartilhar boas práticas de inovação para que essas experiências possam ser aplicadas em outras áreas da própria Prefeitura e em outras esferas de governo”. […]