“The Bolsonaro Paradox”: novo livro investiga a ascensão dos movimentos de direita. Assista à live de lançamento

O Cebrap está realizando uma série de seminários com o objetivo de divulgar publicações e obras dos pesquisadores da Casa. A primeira live do Cebrap Lança aconteceu no dia 19/11, com a apresentação do livro “The Bolsonaro Paradox: The Public Sphere and Right-Wing Counterpublicity in Contemporary Brazil”, de autoria de Camila Rocha, Esther Solano e Jonas Medeiros.

A publicação é uma investigação acadêmica aprofundada sobre o movimento que levou Jair Bolsonaro à Presidência no Brasil, tendo como pano de fundo a onda global de novos movimentos de direita.

O livro apresenta os resultados de uma extensa pesquisa de campo realizada ao longo dos anos com apoiadores bolsonaristas e membros da nova direita brasileira. Foram analisados ainda dados quantitativos e qualitativos para acompanhar as transformações aceleradas da esfera pública brasileira, partindo de pequenos grupos liberais e conservadores nas redes sociais para audiências maiores através da publicação de livros, do sistema educacional, da grande mídia e do sistema político-partidário.

Assista à live:

Leia Também

Nesta terça-feira, 26/9, foi lançado na sede da Open Society Foundations, no Rio de Janeiro, a revista Platô: Drogas e Políticas. Criada pela Plataforma Brasileira de Política de Drogas (PBPD) em parceria com o CEBRAP, a publicação é a primeira no Brasil a tratar sobre o tema de políticas de drogas. A Platô foi pensada para preencher um vácuo […]

O segundo dia de atividades da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais aconteceu em um sábado, 24 de março, e a única atividade foi uma mesa redonda que reuniu Otaviano Canuto [The World Bank], Marta Arretche [USP/CEM-Cebrap] e Ricardo Paes de Barros, chefe economista do Instituto Ayrton Senna e professor no Insper [Instituto de […]

O CEBRAP lamenta o falecimento de Mauricio Segall ocorrido neste domingo, 31/7. Museólogo e economista, Maurício Segall era sócio do CEBRAP. Na edição desta terça-feira, 2/8, do jornal Folha de S.Paulo, Roberto Schwarz publicou um depoimento com um breve perfil de Mauricio Segall. Clique aqui para ler.