PAPI – Public Action and Private Investment in Brazil

Esta pesquisa tem como objetivo mostrar que as interações entre atores públicos e privados (e entre os privados) são determinantes na configuração dos fatores qualitativos de um processo de crescimento e consequentemente na sua sutentabilidade. Fatores como educação, mão-de-obra qualificada, produção aliada a conhecimento, diversidade produtiva, encadeamentos setoriais e agregação de valor são reconhecidos pela literatura internacional como importantes para atingir altas taxas de crescimento. Entretanto agências internacionais (especialmente o Banco Mundial com sua idéia de “ambiente de investimento”) não consideram a importância das interações público-privadas na construção destes fatores e nem a sua influência na sustentabilidade deste crescimento.

Esta pesquisa se propõe a mostrar tal relevância a partir de um estudo de duas cidades brasileiras – Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais, e Ilhéus, na Bahia. Ambas tiveram trajetórias de crescimento semelhantes em termos de suas taxas nos últimos 20 anos, porém bastante diferentes em termos da qualidade do crescimento e de sua sustentabilidade. Estes resultados estão diretamente relacionados ao modo como se desenrolaram as interações público-privadas em cada uma das cidades.

Informações

Development Research Centre, Institute of Development Studies (IDS), University of Sussex, Reino Unido.

Período

2006 – 2007

Anexos