Cebrap lamenta o falecimento de Luiz Werneck Vianna

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento – CEBRAP, manifesta profundo pesar pelo falecimento de Luiz Werneck Vianna, intelectual público de extraordinária influência ao longo de mais de quatro décadas da vida política nacional. Sua condição de intelectual público nutriu-se de seu profundo compromisso com a defesa da democracia, expressos na sua militância clandestina no Partido Comunista Brasileiro durante a ditadura, na sua opção por se dedicar à política ao longo da transição, nos anos 1980, bem como na sua obra. Desde a publicação de sua tese de doutorado, Liberalismo e Sindicato no Brasil, em 1976, até a Modernização sem o Moderno, que veio à luz em 2011, Werneck Viana produziu uma obra que combinou a leitura aguda da conjuntura nacional, consubstanciada em artigos e ensaios que orientaram o pensamento de seus contemporâneos, com a reconstrução e interpretação profundamente original de processos históricos que configuraram política e intelectualmente o país. Nesse percurso, ele se tornou  referência incontornável para pensar a questão do nacional-popular e as características da classe trabalhadora e do corporativismo, os traços distintivos da modernização política do país, bem como as possibilidades abertas pelo papel do Judiciário na Nova República.

A pesquisa e amadurecimento das ideias que fizeram de Liberalismo e Sindicato no Brasil um clássico das ciências sociais, ocorreram na primeira metade dos anos 1970, durante o doutoramento de Werneck Viana na USP e, especialmente no CEBRAP, onde seu orientador, Francisco Weffort, coordenava um grupo de jovens pesquisadores e pesquisadoras dedicados à análise do movimento sindical. Fruto dessa interlocução e dos avanços da pesquisa de doutoramento, “Sistema Liberal do Direito do Trabalho” foi publicado em 1974, na Estudos CEBRAP No. 7. O artigo, nas palavras do autor, lhe “deu régua e compasso para abordar a tese”*. Leia aqui. 

Hoje podemos dizer que, a obra de Werneck Viana deu régua e compasso às gerações de alunos por ele formados, bem como a seus contemporâneos que, em cada momento dessa rica trajetória, procuraram nela uma lente para compreender o país.

—————–

* “Vida intelectual, vida política”, entrevista concedida por Luiz Werneck Vianna a José Szwako e Rodrigo Pezzonia. Ideias, No. 1,  2010.

Leia Também

O Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2018 tem o objetivo de fomentar a produção de conhecimento sobre mobilidade por bicicleta no Brasil. O programa apoiará a produção de cinco artigos acadêmicos inéditos sobre o tema “A bicicleta na mobilidade urbana”. Serão selecionados 5 pesquisadores com propostas de estudos que serão desenvolvidos em seis meses. Os selecionados receberão […]

O Cebrap Sustentabilidade, em parceria com as Fundações Arymax e Tide Setubal e o Instituto Humanize, traz a público um relatório recém-elaborado que aborda a inclusão econômica de pessoas e regiões vulneráveis do Brasil rural e interiorano. O trabalho reúne evidências e reflexões que visam a melhorar a qualidade das iniciativas voltadas a esse ambiente. […]