Leia Também

No Dia Internacional da Mulher o CEBRAP homenageia todas as mulheres que lutaram e lutam por uma sociedade mais igualitária na pessoa de sua pesquisadora sênior e sócia-fundadora, a demógrafa Elza Berquó. Elza desenvolveu pesquisas pioneiras sobre demografia, sexualidade, raça e saúde reprodutiva, que tiveram impacto tanto no debate intelectual quanto nas políticas públicas.

O novo livro da pesquisadora e presidente do Cebrap, Angela Alonso, foi destaque na última edição do cardeno Ilustrada, do jornal Folha de S.Paulo. Em “Flores, Votos e Balas – O movimento abolicionista brasileiro (1868-88)”, a história do primeiro grande movimento social da história do Brasil é contada. Confira aqui, a matéria completa.

Já estão abertas as inscrições para o fórum ‘Suicídio – Des/compassos da vida: números, atos e demandas’, que acontece em 8 de agosto no Centro de Convenções da Unicamp. O evento, organizado pelo NEPO [Núcleo de Estudos de População Elza Berquó] em parceria com o Cebrap, pretende promover o conhecimento e alimentar o debate sobre […]