IEA-USP promove evento online para discutir as potencialidades e limitações do ChatGPT para a universidade

O Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, em parceria com o Cebrap, irá promover evento online com o tema “ChatGPT: Potencial, Limites e Implicações para a Universidade”, no dia 21/3, das 9h às 17h.

O ChatGPT é uma dessas tecnologias que, para muitos, representa uma nova fronteira da IA. O ChatGPT é capaz de redigir ensaios, trabalhos e responder lições de casa ou questões de uma prova. Ao mesmo tempo, pode diminuir o esforço de reflexão e cognição e enfraquecer a aprendizagem.

O encontro reunirá especialistas de diferentes áreas para discutir os potenciais e limites do ChatGPT e recomendar diretrizes para a sua utilização. Também serão analisados os impactos dessa nova ferramenta em relação ao ensino-aprendizagem e às questões éticas.

Participantes confirmados: Carlos Gilberto Carlotti Junior (USP, Reitor), Aluisio Augusto Cotrim Segurado (USP, Pró-Reitor de Graduação), Marcio de Castro Silva Filho (USP, Pró-reitor de Pós-Graduação), Denise Pires de Carvalho (Ministério da Educação, Secretária de Ensino Superior), Cristina Godoy (USP, FDRP e IEA), Dora Kaufman (PUC-SP), Fábio Cozman (Center for Artificial Intelligence USP-Fapesp-IBM), Glauco Arbix (OIC-IEA/USP), Guilherme Ary Plonski (USP, Diretor do IEA), Valdir Barzotto (USP, Vice Diretor da Faculdade de Educação), Naomar de Almeida Filho (UFBA e Cátedra Alfredo Bosi), Virgilio Almeida (UFMG e Cátedra Oscar Sala).

O evento é online e gratuito. Para assistir, acesse: iea.usp.br/aovivo

 

Leia Também

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) condena a ação da Assembleia Legislativa de São Paulo, que RETIROU DA FAPESP recursos orçamentários garantidos pela Constituição estadual da ordem de R$ 120 milhões. Esta ação e a recente declaração do governador do Estado, Geraldo Alckmin, contra os critérios de financiamento da Fapesp ameaçam as autonomias […]

O Cebrap e o Centro de Estudos da Metrópole são parceiros do seminário Mapeando as desigualdades digitais – Novas metodologias e evidências para políticas públicas que acontecerá em São Paulo, no dia 28 de outubro, a partir das 14h. Iniciativa do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), departamento do […]

Estudo elaborado pela Universidade de Oxford (no Reino Unido) em parceria com as universidades federais de São Carlos (UFSCar), Pernambuco (UFPE), Minas Gerais (UFMG), e o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), apresenta que 43,9% dos jovens brasileiros, entre 16 e 26 anos, se declaram propensos a buscar carreiras militares.