Inscrições abertas para a edição 2021 do Desafio Longeviver Itaú-Cebrap

 

Está no ar a segunda edição do Desafio Longeviver Itaú-Cebrap. Este projeto tem o objetivo de fomentar a produção de conhecimento sobre envelhecimento populacional e os desafios para o mercado de trabalho no Brasil. O programa apoiará a produção de cinco artigos acadêmicos inéditos sobre o tema.

Serão selecionados cinco pesquisadores com propostas de estudos que serão desenvolvidos por seis meses. Os selecionados receberão o valor total de R$ 10.000 [dez mil reais] e participarão de cursos e oficinas de formação de métodos e técnicas de pesquisa, grupos de discussão e encontros de orientação para a elaboração do trabalho. Todas as atividades serão realizadas online em plataformas de videoconferência [Zoom, Google Meets e similares].

Ao final do processo, os cinco artigos farão parte de uma publicação editada pelo Itaú e pelo Cebrap. O Desafio Longeviver Itaú-Cebrap 2021 é de abrangência nacional e os selecionados devem dedicar pelo menos 12h semanais ao projeto de junho de 2021 a dezembro de 2021.

 

Inscrições até 31 de maio de 2021.

Saiba mais e inscreva-se.

Regulamento

Termo de compromisso

 

O e-book da primeira edição do Desafio Longeviver Itaú-Cebrap 2020 pode ser lido abaixo.

Desafio Longeviver Itaú-Cebrap 2020

 

 

Leia Também

Como parte de um esforço para diminuir a disseminação do COVID-19, o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) e o Institute of Development Studies (IDS) cancelaram parte do encontro “Desenvolvimento, inovação política e desigualdades: agendas para a nova década” que aconteceria na sede do Cebrap – Rua Morgado de Mateus, 615, Vila Mariana, São […]

Já estão abertas as inscrições para o fórum ‘Suicídio – Des/compassos da vida: números, atos e demandas’, que acontece em 8 de agosto no Centro de Convenções da Unicamp. O evento, organizado pelo NEPO [Núcleo de Estudos de População Elza Berquó] em parceria com o Cebrap, pretende promover o conhecimento e alimentar o debate sobre […]

Nota de falecimento O Cebrap lamenta o falecimento do cientista político argentino Guillermo O’Donnell, um dos principais teóricos do autoritarismo e da democracia na América Latina. Entre seus trabalhos seminais estão Modernización y autoritarismo (1972) e El Estado burocrático autoritário (1982), estudos cruciais para a compreensão das origens e da natureza dos regimes autoritários da […]