As populações periféricas no contexto da pandemia do coronavírus: favelas, ruas e prisões

Coordenado e mediado por Ana Paula Galdeano (Cebrap), “As populações periféricas no contexto da pandemia do coronavírus: favelas, ruas e prisões” trouxe ao debate Camila Nunes Dias (UFABC/NEV), Gabriel Feltran (UFSCar/Cebrap) e Simone Frangella (Instituto de Ciências Sociais/Universidade de Lisboa) tratando do impacto da pandemia nas populações mais violadas do ponto de vista dos direitos humanos, suas condições de vida e as medidas estatais e não estatais adotadas.

Leia Também

As cidades brasileiras perderam Lúcio Kowarick, um dos mais argutos pioneiros da sociologia urbana brasileira. Eu, Eduardo, guardo ainda comigo o exemplar, surrado e colado, de “A Espoliação Urbana” comprado em sebo na Rua da Carioca no Rio de Janeiro em 1989. Assim como eu, muitos pesquisadores e ativistas do urbano fomos profundamente impactados por […]