What a 12th Century Muslim says to a 21st Century Christian in Andalusia: Inheriting a Complex Religious Identity

Desde o final do século XIX, muitos espanhóis – principalmente os que residem no sul do país – passaram a sentir que a Andaluzia está ligada vitalmente à al-Andalus (Iberia islâmica medieval) e que os desafios enfrentados por eles, hoje – e pelos europeus de maneira mais ampla –, exigem o reconhecimento dessa identidade e de sua continuidade histórica. Descobrindo-se herdeiros de uma identidade histórica profundamente marcada pela tradição islâmica (uma identidade insistentemente negada e apagada no discurso nacionalista espanhol), esses homens e mulheres descobriram que o Islã é parte integrante de suas vidas, perturbando sua identidade europeia, espanhola e andaluz. Nesse seminário, Charles Hirschkind discutiu a memória histórica como um meio de identidade religiosa, ou, mais precisamente, uma interpelação religiosa dirigida a um sujeito fora dos limites dessa religião. Embora seja comum pensar nos legados de al-Andalus como “culturais” e não religiosos, nenhum desses termos modernos faz justiça ao impacto perturbador do passado ibérico sobre aqueles que ouvem seu chamado. Com base na história do andalucismo, é colocada a seguinte pergunta: o que significa para um europeu cristão moderno ser o herdeiro de um passado muçulmano?

Leia Também

A quarta mesa das Jornadas Sesc Cebrap: Pesquisa e Futuro, mais um evento comemorativo da série #Cebrap50anos, aconteceu na quinta, 12 de agosto. Com mediação do cientista político Rúrion Melo, o debate tratou de “Raça, gênero, sexualidade e reprodução” e trouxe a socióloga e professora da FFLCH-USP Márcia Lima e a antropóloga Sandra Garcia, ambas […]

O Desafio Mobilidade Itaú-Cebrap 2019 tem o objetivo de fomentar a produção de conhecimento sobre mobilidade por bicicleta no Brasil. O programa apoiará a produção de 5 artigos acadêmicos inéditos sobre o tema “A bicicleta na mobilidade urbana”. Serão selecionados 5 pesquisadores com propostas de estudos que serão desenvolvidos em seis meses. Os selecionados receberão o […]

O texto “Sistema Liberal e Direito do Trabalho”, escrito pelo sociólogo Luiz Jorge Werneck Vianna, falecido nesta quinta-feira (22), está disponível para leitura. “Sistema Liberal do Direito do Trabalho” foi publicado em 1974, na Estudos CEBRAP No. 7. O artigo, nas palavras do autor, lhe “deu régua e compasso para abordar a tese”. Leia aqui.  […]