Impacto social do uso da bicicleta em São Paulo

A pesquisa pretende aferir duas dimensões de impacto pelo uso da bicicleta em São Paulo. Uma delas é a dimensão individual, ou seja, os impactos observados nas condições de vida dos indivíduos, condições de saúde, experiência de vida com a cidade, bem estar e vida econômica. A outra é a dimensão social, ou seja, os impactos nas dinâmicas sociais macro, como impactos ambientais, nos sistemas de saúde e econômicos. A partir de survey com dois grupos (população geral x usuários de bicicletas), será possível comparar diferentes indicadores de condições e qualidade de vida, que permitirão aferir os impactos individuais do uso de bicicletas e simultaneamente projetar (combinando estimativas populacionais, gastos públicos e modelagens econômicas) o impacto nas dinâmicas sociais macro.

Período:

2017 – em andamento

Patrocínio:

Banco Itaú

Anexos