Artigo da Novos Estudos revela os bastidores da pesquisa “Mobilidade urbana e logística de entregas”

Em artigo publicado no blog da Novos Estudos, os pesquisadores Victor Callil e Monise Picanço falam sobre os bastidores da pesquisa “Mobilidade urbana e logística de entregas: um panorama sobre o trabalho de motoristas e entregadores com aplicativos”.

No artigo “Entregadores e motoristas: pesquisa empírica e desafios metodológicos”, os autores abordam as potencialidades e os limites metodológicos do estudo elaborado pelo Cebrap em parceria com a Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia (Amobitec). Eles destacam a importância de reconhecer e entender os desafios ao lidar com dados de um campo de pesquisa novo, como as plataformas digitais.

Segundo os autores, a pesquisa foi conduzida de forma a evitar ao máximo possíveis vieses e assegurar que os resultados sejam confiáveis. Os aprendizados descritos no artigo vão além das questões técnicas e metodológicas, abrangendo também os processos internos de decisão e escolhas de análise.

Leia o artigo completo da Novos Estudos aqui. 

Acesse o Caderno Quantitativo do estudo aqui. 

 

Leia Também

Organizado pelos pesquisadores Mauricio Fiore e Miriam Dolhnikoff, o livro, além de fornecer subsídios para debates, coloca a instituição paulista na vanguarda da produção multidisciplinar do conhecimento crítico e independente em ciências humanas   Como parte da comemoração dos 50 anos do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (completados em 2019), o livro Mosaico de […]

Mais uma vez o Cebrap está na lista dos melhores Think Tanks do mundo segundo avaliação da Universidade da Pensilvânia [Penn University]. Na edição 2018 do ‘Global Go To Think Tank Index Report’, o centro de pesquisa fundado em 1969 está na 40ª posição mundial das instituições com excepcionais programas de pesquisa em política pública […]

O Cebrap Sustentabilidade, em parceria com as Fundações Arymax e Tide Setubal e o Instituto Humanize, traz a público um relatório recém-elaborado que aborda a inclusão econômica de pessoas e regiões vulneráveis do Brasil rural e interiorano. O trabalho reúne evidências e reflexões que visam a melhorar a qualidade das iniciativas voltadas a esse ambiente. […]