Cebrap e Global Initiative lançam Índice Global do Crime Organizado

O Cebrap e a Global Initiative lançaram nesta quinta-feira (15/9), em evento híbrido (presencial e online), o Índice Global do Crime Organizado, um documento que avalia os níveis de criminalidade em todos os 193 estados-membros da ONU. Com os dados apresentados, espera-se que o Índice ajude a definir uma resposta verdadeiramente global à ameaça que o crime organizado transnacional produz.

No evento foram apresentadas as principais conclusões do documento, assim como duas investigações conduzidas pelo Cebrap sobre o mercado ilícito de armas de fogo no Brasil e a influência do Primeiro Comando da Capital (PCC) na governança criminal nas cidades brasileiras.

O evento foi realizado na Sala de Conferência do Cebrap. Assista também a transmissão ao vivo no Canal do Cebrap no YouTube: https://youtu.be/MFf7VrKVsoI

Faça o download do Índice Global do Crime Organizado: https://ocindex.net/downloads

Palestrantes
Ana Paula Oliveira, Analista, Global Initiative Against Transnational Organized Crime
Ivan Marques, Diretor Executivo, The International Action Network on Small Arms
Gabriel Feltran, Pesquisador, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Moderação: Luiz Guilherme Paiva, Pesquisador, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento

Leia Também

As pesquisas “Mobilidade urbana e mudanças climáticas: quatro estudos de casos” e “Mobilidade urbana e logística de entregas: um panorama sobre o trabalho de motoristas e entregadores com aplicativos”, realizadas pelo Núcleo de Desenvolvimento do Cebrap, foram apresentadas no dia 25/10 nas Comunicações Técnicas da 22ª ARENA ANTP – Congresso de Mobilidade Urbana 2023, um […]

“Nascida numa era sinistra, instituição legou essa lição à sociedade brasileira” Incomum na comunidade acadêmica brasileira, o hábito de celebrar os próprios feitos, a sua continuidade no tempo ou o próprio desenvolvimento de suas instituições não entusiasma muito a maioria dos cientistas sociais brasileiros (ao contrário, por exemplo, de nossos colegas norte-americanos que não perdem […]