CEBRAP lamenta a morte de Antonio Candido

O CEBRAP lamenta a perda de Antonio Candido, autor de extensa e inestimável contribuição para o pensamento social no Brasil e no mundo. Membro do quadro de sócios do CEBRAP desde 1971, Candido foi um mestre para várias gerações de pesquisadores em literatura e ciências humanas. Que a erudição e o rigor crítico do professor Antonio Candido – bem como sua constante valorização do papel público do intelectual – sigam nos servindo de farol.

O velório está acontecendo no Hospital Albert Einstein, nesta sexta-feira, 12/5, entre 09h e 17h.

A diretoria do CEBRAP decretou luto oficial de três dias e encerrou todas as atividades desta sexta-feira, 12/5. A Assembleia Geral de Sócios do CEBRAP também foi adiada e a nova data será definida no decorrer da próxima semana.

Leia Também

Já estão abertas as inscrições para o fórum ‘Suicídio – Des/compassos da vida: números, atos e demandas’, que acontece em 8 de agosto no Centro de Convenções da Unicamp. O evento, organizado pelo NEPO [Núcleo de Estudos de População Elza Berquó] em parceria com o Cebrap, pretende promover o conhecimento e alimentar o debate sobre […]

No terceiro episódio da série #CebrapPesquisa, a socióloga Ana Paula Galdeano fala sobre “Tráfico de drogas entre as piores formas de trabalho infantil”. A pesquisa, financiada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente [CMDCA] e Fundo Municipal da Criança e do Adolescente [FUMCAD] da Prefeitura de São Paulo, discute o trabalho infantil […]