Cebrap lamenta o falecimento do ex-ministro José Gregori

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) lamenta com profundo pesar o falecimento de José Gregori, ex-ministro de Justiça e Secretário nacional de Direitos Humanos.  Figura de excepcional grandeza na história do país, dedicou sua vida ao serviço público, à promoção da justiça e à defesa dos direitos humanos e da democracia.  José Gregori foi uma referência constante para todos aqueles que tivemos a oportunidade de conhecer a combinação rara de generosidade e firmeza, compromisso partidário e pluralismo político que marcou sua trajetória e sua presença na vida pública: desde a Carta os Brasileiros de 1977 até a Carta aos Brasileiros e Brasileiras de 2022, passando pela Lei 9.140/95, que reconhece como mortas as pessoas dadas como desaparecidas durante a ditadura, à fundação da Comissão Arns em 2019. Expressamos nossas condolências à família e amigos, sabendo que a partida do pai, amigo e homem púbico deixa um imenso vazio.

(Foto: Alesp)

Leia Também

As pesquisas “Mobilidade urbana e mudanças climáticas: quatro estudos de casos” e “Mobilidade urbana e logística de entregas: um panorama sobre o trabalho de motoristas e entregadores com aplicativos”, realizadas pelo Núcleo de Desenvolvimento do Cebrap, foram apresentadas no dia 25/10 nas Comunicações Técnicas da 22ª ARENA ANTP – Congresso de Mobilidade Urbana 2023, um […]

“Aos meus filhos e seus companheiros de geração, para que façam mais e melhor”. Eis a dedicatória de Paul Singer em ‘Desenvolvimento e Crise’ [Difusão Europeia do Livro, 1968]. Tais palavras têm um significado múltiplo: o amor incondicional aos seus, o compromisso com a transformação, a esperança na juventude e a permanente busca do aperfeiçoamento. […]

Em 8 de junho, o Cebrap recebeu um seminário especial em homenagem ao saudoso Paul Singer (1932-2018). Em meio a lembranças e análises, Maria Hermínia Tavares e Frederico Mazzucchelli falaram sobre um dos livros mais importantes da carreira do economista, o clássico “São Paulo 1975: Crescimento e Pobreza”. “A percepção pós-golpe de 1964, vinda de […]